Trupe Sénior Chapitô

Trupe Sénior Chapitô
Facebook: www.facebook.com/chapito.org/

Fulambó
Numa correria mais ou menos louca, sucedem-se cenas absurdas pontuadas por excertos de música ligeira da segunda metade do seculo vinte, com uma pausa para o chá. Fulambó é o resultado do trabalho de um colectivo intergeracional que, guiado pela liberdade do clown, saltita entre a memória e a contemporaneidade. O cómico, a voz, o jogo, a manipulação de objectos, a rapidez e o contraste de universos são os ingredientes que compõem este nosso espectáculo. NOTA: O nome do espectáculo, Fulambó, tem inspiração nas tradições populares lisboetas das marchas populares. Nada tem que ver com as Marchas mas inclui uma Marcha.

Trupe Sénior e a capacidade de reinventar a vida
O projecto Trupe Sénior do Chapitô: capacitação em artes performativas para o empoderamento e promoção da participação da pessoa sénior no espaço público e performativo, cumpre agora dois anos de actividade regular. Uma ideia original, construída em 2015, que foi 1º prémio REN – Envelhecimento Activo (2015) e que chega à população sénior do território em janeiro de 2016. Entre Novembro de 2016 e Outubro 2017 o projecto foi apoiado pelo Programa BIPZIP da CMLisboa. Foi um ano de intenso trabalho em que foram realizadas 377 horas de capacitação em: Música (Voz cantada e Voz falada, Ritmo e RAP), Dança (Expressão Corporal, Contemporânea e Tradicional), Teatro (Construção de Personagem e Clown), Artes Circenses (Magia e Manipulação de objectos) e Figurinos (Concepção e Construção). Desenvolvemos projectos intergeracionais com jovens artistas e alunos da EPOE - Chapitô que, para além do convívio e partilha, foram potenciadores de aprendizagens e de experiências performativas: Biblioteca com Gente Dentro, Brincadeiras de Inverno e Estamxs Todxs Aqui, foram alguns dos espectáculos que realizámos juntos. Levámos o nosso trabalho a Lares e Centros de Dia, Escolas, Jardins, Teatros, Bibliotecas; participámos em Congressos Internacionais e festas, fomos até Évora desafiar outros seniores. Realizámos cerca de 50 apresentações públicas, para quase 5000 pessoas, fazendo sempre, de cada intervenção, uma festa. Neste momento a Trupe são duas dezenas e meia de pessoas, com idades entre os 20 e os 92, envolvidas no processo de formação artística, criação e apresentação de espectáculos/animações. Entrámos agora em fase de sustentabilidade, precisamos de encontrar novas fontes de financiamento para continuar o modelo que vimos desenvolvendo, a construir caminho e a aprofundar para fazer melhor. Estamos sem financiamento mas ainda estamos todxs aqui, porque o que fazemos faz cada vez mais. Queremos chegar mais longe, aprender mais, inventar mais, rir mais, afirmando a cada momento o direito a ser feliz e revelando o prazer que a partilha dessa felicidade nos traz. Somos o caminho que percorremos e vamos sendo, ora isto ora aquilo, agora somos Fulambó!

Ficha Artística e Técnica:
Alexandra Espiridião, Alice Costa, Bruno Cintra, Casimira Godinho, Estrela Palma, Fernanda Esteves, Lara Carrasquinho, Leonilde Pina, Luisa Mendonça, Manuel Dinis, Maria Clotilde, Marta Coutinho, Rosa Chaves, Sara Rugarli