Meiró

Meiró

Meiró é sinónimo de carinho e também de presente; é o cuidado que tens com alguém ou algo que queres e é o que os elementos deste grupo fazem e sentem pela dança e música tradicional galega. Meiró são Carme Campo e Chus Caramés, bailadoras e professoras de dança tradicional de diferentes associações de Compostela (Galiza). A sua formação, além das oficinas e participação em grupos de folclore, vem das pessoas mais velhas que “tesouram” o nosso património cultural imaterial. O seu compromisso com a dança leva-as, aliás, a organizarem jornadas, exposições e festivais, ou a guiar projetos como "Andar cos tempos" ou "Os encontros de música tradicional de Carboeiro", que valorizam todo o seu potencial, trazendo sempre a tradição à contemporaneidade. Meiró também são Ricardo Casás e Xan Xove, dois multi-instrumentistas multifacetados e apaixonados pela música popular, mas também pela “multidão de estilos”, que vão desde o trad-jazz até o bravú. Xan é gaiteiro e atualmente participa en “Os Tres Trebons” e a “Banda Xangai” onde partilha o palco com Richi, músico prolífico e habitual colaborador de dezenas de bandas galegas, desde o flamenco ao jazz-trad no seu projeto "Fuliada na Vila". Meiró levará um formato totalmente tradicional para fazer a festa com o baile Galego mais autêntico tocando, para isso, Gaita, Clarinete, saxofone, percussão galega e acordeão.