Carlos Brandão e Bruno Mendes

Dois antigos membros e ensaiadores do grupo de Pauliteiros do Orfeão Universitário do Porto, exercendo as suas funções como membros da tocata e do grupo de dançadores. Sempre com o intuito de eternizar e difundir a cultura do planalto mirandês e sob o lema "que la gaita nunca pare de tocar e lsbeiladores de beilar”.